A FLUI AR é uma válvula desenvolvida com a única finalidade de eliminar o ar existente nas tubulações da rede pública de água. Instalada no cavalete, junto ao hidrômetro, ela desvia o ar que, inserido na água que passaria pelo hidrômetro, seria fatalmente registrado como água consumida, gerando um consumo inexistente e determinando que o consumidor pague injustamente por isso. 

A válvula FLUI AR não economiza água, apenas impede que o ar seja registrado como água pelo hidrômetro, proporcionando, por consequência, uma economia em metros cúbicos de água e, naturalmente, na conta do consumidor.

Diversas são as razões que ocasionam a formação de bolsas de ar na tubulação da rede pública, mas as principais são o esvaziamento dos canos por corte no fornecimento de água (quando a tubulação é preenchida por ar), o uso da pressão de ar para fazer com que a água entre em movimento e atinja todos os pontos da cidade (especialmente nas regiões elevadas) e também as aberturas feitas nas tubulações para manutenção da rede.

A FLUI AR possui todos os principais laudos técnicos que atestam sua eficiência na eliminação do ar em tubulações, em especial as apreciações do INMETRO, IPT e L.A. Falcão Bauer. De acordo com o IPT, por exemplo, a válvula FLUI AR apresenta índices de eficácia que vão de, até 99,9% de eliminação do ar existente na água antes da passagem pelo hidrômetro, gerando economia na conta de água na mesma proporção.